16 de jul de 2010

Vaticano diz não à mulher

Em manual divulgado pelo Vaticano, a Igreja Católica oficializa o que já era de conhecimento público. As mulheres não poderão ser ordenadas ao ministério sacerdotal.

Se forem, será caracterizado “crime grave contra a fé”, passível de excomunhão imediata. Ou seja, colocarão as mulheres para fora da igreja e fecharão as portas.

Um absurdo. Não sou católica, mas não concordo.

Elas podem, sim, exercer o ministério – seja em qual religião for – com igualdade de competência com os homens. Elas serão aliadas deles, nunca concorrentes ou desafiadoras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário