7 de ago de 2011

Muro de Berlim, 50 anos de história

Os alemães comemoram os 50 anos de construção do muro que dividiu o país em Oriental e Ocidental, sendo o maior símbolo da Guerra Fria. O muro foi construído durante a madrugada de 13 de agosto de 1961.

Alemães celebram a queda do muro

O muro resistiu por 28 anos (1961 a 1989) trazendo dor, pobreza e mortes à parte menos desenvolvida do país. Também matou o sonho de muitas pessoas que queriam liberdade política.

Mas o muro caiu. Lembro-me bem da reportagem que o jornalista Pedro Bial produziu para a Globo mostrando o povo em cima do muro, quebrando-o a golpes de machados e picaretas. Todos celebravam a união das duas alemanhas. Foi o início da reunificação do país. Famílias e amigos, que foram separados por imposição do governo autoritário, voltaram a se encontrar.

Historiadores afirmam que formalmente a reunificação foi concretizada somente um ano depois, em 3 de outubro de 1990.

Hoje os turistas podem conhecer os três km que sobraram da muralha (a medida total era de 155 km). Os escombros ainda estão lá, de pé, fazendo parte da história.

Também é possível conhecer histórias das polícias secreta alemã e paramilitar que trabalharam a favor do nazismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário