10 de out de 2011

Sem Jesus na Arábia

Felizes são os brasileiros que podem expressar a sua fé de maneira livre.

Na Arábia Saudita, as regras são outras. O jogador de futebol Juan Pablo Pino, que é colombiano, e joga no clube Al Nasr, foi detido em shopping, na capital Riad, por estar de camiseta sem mangas que mostrar uma tatuagem com a imagem de Jesus Cristo.

Várias pessoas não aceitaram a cena, houve xingamentos e a polícia entrou em ação.

As leis sauditas proíbem tatuagens. Quem for tatuado, principlamente estrangeiros, são obrigados a esconder as marcas no corpo.

Autoridades eclesiásticas pedem que os contratos dos jogadores estrangeiros tenham uma cláusula na qual são obrigados a respeitar as regras do país.

A Arábia Saudita é muçulmana, sendo um país super conservador.


Minha opinião

Está certa a decisão de obrigar os estrangeiros a respeitar as leis locais. Quem está no país alheio deve seguir as regras da casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário