28 de abr de 2012

Igreja inclusiva vira moda no Brasil


Prato cheio para as extensas reportagens na imprensa, com a desaprovação das igrejas tradicionais que não concordam com o que chamam de desvio de comportamento, crescem no país as igrejas inclusivas que têm um público determinado: os gays.

Quais as características desse público?
Os dados não são de uma fonte oficial, mas estima-se que nas igrejas inclusivas existam 10 mil fiéis.
É formada por maioria de homens, cerca de 70%.
O nível social é diverso.
Predominantemente as igrejas inclusivas estão localizadas no eixo Rio-São Paulo.

O que esse público busca?
Ser aceito dentro de uma igreja, pois acreditam que as tradicionais os critica.
Querem liberdade de comportamento e de culto. Praticar a fé independente da opção sexual.
Querem não se esconder.
Querem não ter que “ser curados”.
Pregam o celibato antes do casamento e a fidelidade e monogamia depois.

Por que esse movimento ganha força no Brasil?
Especialistas citam alguns pontos:
Muita exposição na mídia;
Aumento das políticas de combate à homofobia;
Diminuição do preconceito.

Quantos homossexuais existem?
Os números não batem. O IBGE diz que são 60 mil casais homossexuais no país. Os militantes dizem que são de 6 a 10 milhões de pessoas.

Percentual de fiéis das duas maiores religiões tradicionais no Brasil:
Católicos = 68,43%
Evangélicos = 20,23%
Fonte: IBGE

Qual número de igrejas gays?
Existem mais de 40 (entre missões e delegações).
Uma curiosidade: há dez anos era apenas uma.

Qual a posição dos evangélicos sobre a prática homossexual?
As igrejas cristãs tradicionais respeitam-nos enquanto seres humanos, mas não concordam com a prática homossexual.
Acreditam que é um comportamento escolhido que pode ser revertido caso a pessoa aceite.
As igrejas evangélicas não expulsam os homossexuais. Eles são recebidos. As portas da igreja não estão fechadas para esse público. Mas dizem abertamente que desaprovam o comportamento por interpretarem que a Bíblia o coloca como pecado.
As igrejas católicas também não concordam com a prática homossexual, mas não se envolvem em discussões públicas sobre o tema.
Fonte: Folha
http://www1.folha.uol.com.br/bbc/1082262-desafiando-preconceito-cresce-numero-de-igrejas-inclusivas-no-brasil.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário