23 de abr de 2012

Marina Silva é ordenada pastora


Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente

Marina Silva foi ordenada pastora da Assembléia de Deus. A cerimônia foi realizada pelo pastor Sóstenes Apolos.

A decisão foi aprovada pela Convenção das Assembléias de Deus no Distrito Federal (CEADDIF). Marina é membro da Igreja Assembléia de Deus Novo Dia, localizada na L2 Sul, em Brasília.

Essa é uma grande conquista para as mulheres assembleianas. Até então, a denominação rejeitava a ordenação delas para a função maior de pastora. No máximo as mulheres exerciam o cargo de missionárias.

A decisão abre a possibilidade de outras mulheres também alcançarem a liderança. A assembleia nacional já rejeitou uma vez a ordenação delas.

Marina Silva tem quase 30 anos de vida pública. É conhecida e reconhecida nacional e internacionalmente, ganhando vários prêmios pela militância na área ambiental. É ex-senadora, ex-ministra do Meio Ambiente e ex-candidata à presidência da República. Em 2010, foi a terceira colocada nas eleições presidenciais, com aproximadamente 20 milhões de votos. Dilma Rousseff venceu as eleições naquele ano, tornando-se a primeira mulher a presidir o Brasil.

A mulher na religião
No Brasil, elas ainda não alcançaram muitos avanços quando o assunto é ser líder religiosa. São poucas as mulheres ordenadas pastoras. As igrejas batista são abertas para elas serem líderes gerais. Mas as assembleianas, presbiterianas e várias igrejas neo-pentecostais não aceitam mulheres como bispas ou pastoras.

Em outras religiões a situação não é diferente. A Igreja Católica não ordena mulheres para cargos máximos. No budismo, judaísmo, espiritismo elas também não são líderes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário