26 de mai de 2012

Silas Malafaia critica a imprensa


Regis Danese cantou músicas de seu novo CD Tudo Novo, na Marcha Para Jesus (Foto: Regis Danese)

Aconteceu a Marcha Para Jesus, na Cinelândia, no Rio de Janeiro, em 19 de maio. De acordo com depoimento do pastor Silas Malafaia, no programa Vitória em Cristo, exibido no último sábado (26/5), na Band, mais de 300 mil pessoas participaram do evento. A PM disse que eram apenas 100 mil pessoas.

Por que tanta diferença no número de participantes? Essa foi a crítica do pastor Silas fez à imprensa. Em depoimento no programa, ele disse que os jornalistas são preconceituosos para com o segmento evangélico.

No palco, o pastor Silas orou por Eduardo Paes, prefeito do Rio, e por Lindberg Farias, senador. Ambos marcaram presença na festa. O povo orou junto com o pastor. Na verdade, as pessoas repetiram em coro a oração feita pelo pastor, abençoando as autoridades da nação. “Nós abençoamos as autoridades, a presidente da República. Nós declaramos paz para o Brasil, em nome de Jesus”, foi um trecho da oração coletiva.

Já no programa Vitória em Cristo, o pastor Silas comentou sobre a presença dos políticos: “A Deus seja a glória por essa festa linda. Pode chegar qualquer autoridade que eu oro por ela. Uma autoridade é constituída por deus. Votamos em quem queremos. Mas depois que a pessoa é revestida de autoridade, temos que interceder como povo de Deus. O apóstolo Paulo ensinou isso. Pode ser político que eu não gosto. Se chegar em evento meu, aprendi a respeitar protocolo. Por isso, eu oro por ele. O que respeitamos, atraímos. Não dou microfone para político falar, mas oro e o abençoo. É o que fizemos lá na Marcha. E faço isso (orar) em qualquer evento que tiver autoridade. Obrigado ao povo de Deus, a centenas e milhares de pastores e esse povo que fez acontecer essa festa linda”, disse o pastor.

Além de políticos, pastores e cantores participaram. Nomes conhecidos na música gospel como Régis Danese, Thalles Roberto, Eyshila, Davi Sacer, Nani Azevedo, Léa Mendonça, Jozyanne, Jotta A, ministério Apascentar, Renascer Praise, Gospel Night e Kainón.

A Marcha para Jesus contou com promoção da TV Globo no Rio de Janeiro. Repórteres cobriram o evento e várias notícias foram veiculadas nos telejornais da emissora. O evento teve apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro. De acordo com jornal O Globo, a contribuição financeira foi de R$ 2,48 milhões.

A Marcha teve como tema a defesa pelas liberdades de expressão e religiosa, a vida e a família tradicional. Teve protesto contra a PL 122, a dita lei da homofobia. É uma lei para botar mordaça. Caso seja aprovada, a sociedade não poderá expressar opinião contra os homossexuais. Esse projeto de lei fere a Constituição Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário