17 de ago de 2012

Tradução da Bíblia, um desafio

Participei hoje do Fórum de Ciências Bíblicas que comemorou os 30 anos da Associação Linguística Evangélica Missionária (ALEM). O evento teve a parceria da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) e da Associação Internacional de Linguística (SIL Brasil).

Com o tema Tradução da Bíblia, os preletores mostraram o quanto ainda é necessário trabalhar para fazer Jesus conhecido, amado e adorado no mundo.

Uma pessoa compreende melhor uma mensagem em sua língua mãe, a língua chamada do coração. A Bíblia tem que ser lida com óculos culturais. É necessário contextualizar as Sagradas Escrituras. Por isso, é para ontem a tradução da Palavra de Deus para todos os povos.

Veja o tamanho do desafio: existem 6900 línguas faladas no mundo por cerca de 6,5 bilhões de pessoas. Nem todas as pessoas têm a Bíblia traduzida. São 2200 línguas que ainda precisam de tradução. Isso representa 353 milhões de pessoas que não tem um único versículo bíblico na língua materna.

É urgente a igreja mundial – destaque para a brasileira, investir em missões e na tradução da Bíblia.

Você quer ajudar? Vale lembrar o tripé de missões: você pode ir (ser um missionário), orar e/ou ajudar financeiramente os que se dispõe a ir. Você pode ainda ser um voluntário na sua igreja ou em instituições que trabalham para levar Jesus às pessoas. Você quer se envolver?

Nenhum comentário:

Postar um comentário