5 de jun de 2015

Mitos a respeito dos nomes (onomatomancia)

É uma crendice achar que nomes influenciam a vida da pessoa.  Tem gente que tem medo de dar um nome a um filho por considerar que o mesmo pode influenciar a vida da pessoa. Isso é onomatomancia que significa adivinhação do futuro de alguém por meio das correspondências astrológicas das letras do nome. A palavra vem do grego e significa onoma (nome) e manteia (adivinhação).

As pessoas que são adeptas a crer que o nome pode influenciar o destino de alguém são chamadas de anomatomantes, ou seja, adeptos da adivinhação dos nomes. Que nada mais é, de acordo com a Bíblia, uma abominação diante de Deus. Os nomes não podem influenciar nem para o bem nem para o mal. Se existe um nome que pode mudar a vida de alguém é o de Jesus.

Então, pensemos: não teria problema dar o nome de Nabuconodossor para um filho, por exemplo? Existem nomes que deveriam ser evitados não por crendice, mas porque pode trazer para a pessoa chacotas, gozações, bullying. Somente para evitar esses problemas é interessante evitar alguns nomes. Outra informação importante: a lei 6015/73 (artigo 55) dá possibilidade de mudar o pré-nome, em caso de expor o portador ao ridículo.


Fica a dica
Livro sobre o assunto: Dicionário Etimológico de Nomes Bíblicos, Ed. Vida Nova, de autoria do pastor Elias Soares de Morais, da Igreja Assembleia de Deus.


Nenhum comentário:

Postar um comentário